Babado Forte

babado

Atenção, babado fortíssimo! Não, não é nenhuma fofoca e nem é algo muito novo. O babado que estamos falando, é um velho conhecido do guarda-roupa feminino, sempre muito romântico e delicado. Toda menina, com certeza, já teve um vestido de babadinhos na infância. Pois é, a menina cresceu e o babado também.  Nas passarelas internacionais para o verão Europeu, ele deu as caras em tamanho maxi, mais teatral e sem parecer nada infantil. O detalhe das roupas, que já adornou muitos vestidos de princesas e serviu de moldura para rostos delicados no século XVl, agora ganha um ar moderno e contemporâneo. Na passarela da marca Balenciaga eles foram uma celebração de ondas e curvas. Na coleção da Gucci fizeram desenhos simétricos ao redor dos ombros, e Ralph Lauren buscou inspiração nas espanholas, que sempre gostaram de um babado forte. O charme do babado é que ele consegue deixar uma produção muito elegante e ao mesmo tempo cheia de movimento e, quando usado de forma correta, ajuda a valorizar os pontos fortes do corpo e a disfarçar os negativos. Por exemplo, ele não deve ser usado em mais de uma peça no mesmo look, pois o exagero acaba deixando o corpo desproporcional. Uma dica para usar babados vai para quem possui pouco bumbum e deseja criar a ilusão de volume, devendo assim apostar em vestidinhos e sainhas com babados nessa região. As mais magrinhas podem abusar desse efeito de criar volume na silhueta, já as mais cheinhas devem eleger peças com o detalhe nas mangas e nas golas. Para aquelas que tem uma queda especial pelos babados, é bom saber que eles ainda vão dar muito pano pra manga.

 

Escrito por

Uma jornalista de moda que adora mergulhar na profundidade das coisas e que abomina superficialidades. Principalmente quando dizem que a moda é superficial! Ama um bom cashmere, um acessório marcante e um sapato confortável, sem nunca abrir mão da arte e do design.