Como conservar e lavar peças de tecidos delicados: sedas, plumas, pompons e palha toquilla merecem atenção especial

como lavar 5

Nas últimas temporadas, tecidos delicados e peças com tramas artesanais estiveram mais em alta do que nunca. Algumas dessas tendências são um charme atemporal e podem durar por muitas gerações se forem cuidadas com carinho, por isso é tão importante aprender a lavar e conservar corretamente as suas roupas. Reunimos abaixo uma seleção com os itens mais badalados da vez e a manutenção ideal para que eles durem por muitos anos no guarda-roupas.

como lavar 4

Imagem via @conceito.e

Como conservar e lavar peças de tecidos delicados:

Com o conceito de sustentabilidade em alta, os consumidores estão cada vez mais preocupados em rever seus hábitos de consumo. A estilista Vivienne Westwood já deu a dica para quem quer fazer compras mais conscientes: “buy less, choose well, make it last”, em tradução literal: compre menos, escolha bem e faça durar. Tendo essa frase em mente, fica nítida a importância de darmos um cuidado especial para as nossas peças queridinhas, certo? Confira abaixo a melhor maneira de conservar as suas roupas por mais tempo:

Como lavar roupas de seda:

como lavar 1

 Os vestidos de seda da ethne são delicados na medida certa para o verão

Delicadas e naturais, as sedas devem ser mantidas sempre em ambientes frescos, já que as suas fibras enfraquecem quando expostas excessivamente ao calor. Devem ser lavadas sempre à mão, com detergentes específicos para tecidos delicados. Evite torcer ou esfregar a peça, pois as fibras podem se romper e causar marcas indesejadas. Caso seja necessário passar, certifique-se de que o tecido ainda esteja levemente úmido ou use um ferro a vapor, sempre deixando que o vapor toque a peça antes do ferro. Passe a roupa do avesso, sempre lembrando de selecionar a opção “seda” em seu ferro. Seque a peça à sombra e jamais na secadora, pois o atrito pode danificar a roupa.

Fonte:  Vix

Como conservar roupas e acessórios com pompons e tassels:

como lavar 3

Os pompons e tassels podem ser feitos tanto a partir de fibras naturais quanto sintéticos, então o primeiro passo é tentar descobrir a origem do seu. A maioria dos fornecedores não recomenda lavá-los, mas garante que podem ser limpos com um paninho úmido e depois secos à sombra. É comum que os tassels fiquem “descabelados” quando armazenados em local apertado ou com muitas peças sobrepostas. Se isso acontecer, não se desespere: basta pentear os fios com um pente ou escova que eles logo voltam ao normal. Caso estejam muito amassados, borrife um pouquinho de água e depois escove. 

 

  Fonte: Fashion Bubbles, The Racked e  Fashion For Better  

Como conservar roupas e acessórios com plumas:

Elas reinaram absolutas na temporada internacional e prometem aterrissar também em solo brasileiro. As plumas podem ser naturais, retiradas de aves, ou ainda sintéticas (uma opção mais sustentável). Por serem muito delicadas, o ideal é evitar ao máximo a lavagem, buscando limpá-las com um espanador ou mesmo um pano levemente umidecido, para que não se deformem. Aprender a armazenagem correta também é indispensável. Durante a composição dos fios de plumas (muito utilizados em detalhes de roupas e nos clássicos boás), as penas são presas a um fio de sustentação com cola para fixar, sendo, portanto, super sensíveis ao calor. O fio que sustenta a peça é levemente rígido e pode “quebrar” se for mal armazenado, deformando o visual da roupa. Por isso, mantenha todas as peças com detalhes em plumas em uma posição que privilegie o movimento natural da peça. Os casacos com plumas devem ficar sempre pendurados e os boás podem ser enrolados em volta de um objeto cilíndrico, sem amassar ou dobrar demais o fio para que ele não quebre.

Laura 🍁❤️ @lauraschuller by @tasyakudryk ✨ Hey Monday

Un post condiviso da Vintage by Zazi (@zazi.vintage) in data:

Fonte: Fashion Bubbles, The Racked e  Fashion For Better 

Como limpar e conservar chapéus de palha toquilla: como lavar 2

A primeira regra do manuseio dos famosos “chapéus Panamá” é sempre pegá-los pela copa, nunca pelas abas. Esse cuidado é necessário para manter a forma original, que pode ser perdida caso a peça seja armazenada incorretamente ou exposta à água. Guarde o chapéu sempre em sua forma natural, isto é, sobre uma superfície plana e sem nenhum peso em cima. A água é uma inimiga da palha de toquilla, pois as fibras a absorvem quase como uma esponja, o que pode debilitar a estrutura do material. Para a limpeza de manchas, use inicialmente um pano seco e uma esponjinha macia; caso não resolva, você pode utilizar um lenço umedecido e esfregar delicadamente. Jamais use água e sabão!

 

Outra dica é conservar o chapéu dentro de caixas, em lugares frescos e com ventilação. A palha precisa de um pouco de umidade natural para conservar suas propriedades, podendo até mesmo quebrar caso armazenada em um local muito quente e seco.

Fonte: The Panamá Hat Shot. Via Jr. Chapéus.

 

Escrito por

DEIXE UM COMENTÁRIO