Galeries Lafayette se renova para atrair os jovens

FullSizeRender

O templo do consumo de Paris, segundo lugar mais visitado da França depois da Torre Eiffel e que recebe em média mais de 100 mil visitantes por dia, acaba de lançar uma nova campanha de comunicação para atrair os jovens. “Com a concorrência de marcas como Amazon, Zara, H&M, Mango, entre outras, que oferecem novidades há cada 3 semanas, precisamos mostrar aos jovens que também temos muitas novidades e produtos acessíveis à eles”, disse Julien Mercier,  diretor de imagem e comunicação da Galeries Lafayette, em café oferecido à imprensa internacional durante a Paris Fashion Week. 

Com a proposta de atender um leque cada vez mais amplo de clientes, do consumidor comum que quer levar um souvenir de Paris pra casa, ao consumidor de luxo que não se importa em gastar alguns milhares de euros em uma bolsa ou jóia, a Galeries Lafayette oferece mais de 3000 marcas. Em relação ao conceito de comunicação, sai de cena o vermelho e a imagem da Torre Eiffel fortemente associada à marca. A logo que não é alterada há 27 anos agora passa a ser mais irregular e tem a intenção de se parecer com uma assinatura de um pintor de arte. Do vão central da cúpula centenária caem balões brancos como os das histórias em quadrinhos com expressões típicas francesas para falar com o público jovem como: “Quelle Allure”, “Oh Oui!” e “C’est Le Nouveau Chic!”. Nas campanhas publicitárias a nova agência de publicidade londrina, Wednesday, optou por modelos, jovens atores, bailarinos e gente mais conhecida entre os franceses, como o filho da atriz Isabelle Adjani com o ator Daniel Day- Lewis, Gabriel Day Lewis, que acaba de desfilar para a coleção da grife Chanel e também estreia como garoto propaganda da marca.

E por falar em Chanel, é curioso saber que ela é a marca mais vendida na Galeries Lafayette, mas não em Paris, onde impera outra marca francesa, a Dior. A informação foi passada pela diretora da divisão de luxo, Sylviane Burani, que recentemente recebeu a mim e a um grupo de empresários catarinenses em missão pelo Sebrae de Santa Catarina. “Bernard Arnault, presidente do grupo Moet Hennessy Louis Vuitton, vem constantemente passar a manhã de sábado na Galeries, para entender a mágica da Chanel entre os nossos consumidores”, declara Sylviane, revelando com humor o que rola nos bastidores. Aliás, o bom humor, pra mim, parece ser a grande mudança que se pode sentir nos corredores da loja de departamentos. Há sorrisos e atitudes solícitas por todos os lados, o que faz com que brasileiros se sintam mais a vontade. Pra encerrar, acho que o mote da nova campanha traduz muito bem esse espírito de leveza e de simpatia dos franceses: C’est Le Nouveau Chic!

Escrito por

Uma jornalista de moda que adora mergulhar na profundidade das coisas e que abomina superficialidades. Principalmente quando dizem que a moda é superficial! Ama um bom cashmere, um acessório marcante e um sapato confortável, sem nunca abrir mão da arte e do design.

DEIXE UM COMENTÁRIO