Hostel com glamour, será?

3rd_kex_hostel_lobby-1024x682

Pouco dinheiro no bolso, mochila nas costas e um espírito jovem e desencanado. Para desbravar o mundo e fazer turismo de baixo custo, os hostels sempre serviram como a melhor opção. E, quem já experimentou um, sabe como a coisa funciona. Glamour zero, banheiros compartilhados, filas de espera para a ducha, cabelos pelo chão e alguns odores pouco agradáveis. Enfim, alguns pequenos desconfortos para quem tem pouco e paga pelo básico e funcional. Por outro lado, os hostels são conhecidos como ambientes conviviais onde se encontra pessoas de várias partes do planeta e onde a troca de experiências pode ser muito inspiradora.

Em busca dessa ultima parte, jovens abonados estão provocando uma verdadeira revolução no seguimento dos hostels que ganharam até um novo apelido: poshtels. A palavra é um hibrido de hotel e hostel e une o conforto de um com a troca de conhecimento proporcionada pelo outro. Wi-fi, café da amanhã, biblioteca, sala de jogos, academia e até sala de cinema, por que não?

A decoração e o design são o detalhe a parte e os novos albergues se multiplicam nas capitais mais descoladas. Com cara de boutique, decoração assinada pelos grandes nomes da moda e arquitetura e propostas audaciosas alguns parecem saídos das paginas de uma revista de decoração. O novo look dos hostels possui móveis vintage e de design, cores vibrantes e obras de arte. Alguns chegam a incluir quartos duplos com banheiros privativos, sauna e spa, mas impõem limite de idade. A grande maioria não aceita famílias com crianças e nem grupos fechados de turistas. Em contra partida, ampliam os espaços comuns e de lounge, favorecendo encontros entre os viajantes e as trocas de bons roteiros. E o melhor de tudo: por um preço  que continua super amigo!

Quer anotar? Ai vai uma lista

Escrito por

Uma jornalista de moda que adora mergulhar na profundidade das coisas e que abomina superficialidades. Principalmente quando dizem que a moda é superficial! Ama um bom cashmere, um acessório marcante e um sapato confortável, sem nunca abrir mão da arte e do design.