Lino Villaventura – Inverno 2013

MARCA - SPFW Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

  • Lino Villaventura - Inverno 2013

Fiel a seu DNA dramático e marcante, o estilista Lino Villaventura apresentou uma coleção de inverno com um ar gótico e luxuoso. Na passarela, modelos com maquiagens estilo dark, vestiam peças com shapes amplos e volumosos.  Vestidos e saias, ganharam transparências ousadas, bordados preciosos e até adornos para as cabeças, criando um visual muito marcante. Para os homens, calças e jaquetas mais limpas e com cortes retos, apareceram em tecidos brilhosos e cheios de texturas. A cartela de cores, composta por tons invernais de bordô, marrom e preto se acendeu ao final do desfile com o último look, um belíssimo vestido laranja.

Por Gabriella Remor Tonello

Escrito por

Uma jornalista de moda que adora mergulhar na profundidade das coisas e que abomina superficialidades. Principalmente quando dizem que a moda é superficial! Ama um bom cashmere, um acessório marcante e um sapato confortável, sem nunca abrir mão da arte e do design.

DEIXE UM COMENTÁRIO