O novo Boho: tudo sobre o estilo que é o desejo da vez

boho_0003_destaque

Com forte apelo hippie chic dos anos 70, o boho vem sendo revivido com mais maturidade para 2018. O estilo boêmio mistura referências multiculturais em looks leves e ultrafemininos, uma forte aposta da WGSN para as próximas temporadas. A tendência se desdobra em materiais naturais e detalhes étnicos ultra coloridos, prestando homenagem à culturas ancestrais de uma forma muito elegante.

Vídeo da WGSN mostra os principais pontos chave do revival Boho

Esqueça aquele floralzinho miúdo, que associou o estilo boho ao look jovem dos festivais como Coachella. A onda agora é embarcar em uma viagem global, revisitando culturas ancestrais e incorporando suas técnicas artesanais em produções pra lá de sofisticadas.

Revival Boho – Por dentro da tendência que conquistou a jet-set internacional

boho_0002_3

Carregado de saudosismo, o estilo bohemian (ou boho) traz influências estéticas que vão do século XIX até a explosão da cultura hippie dos anos 70. No mundo do luxo, Yves Saint Laurent foi mestre em incorporar esse mix excêntrico às suas criações. Talitha Getty e LouLou de La Falaise foram as grandes musas do estilista e revelam-se como a perfeita síntese do boho que vai dominar a moda das próximas temporadas.

boho yves

Yves Saint Laurent em Marrakech, nos anos 70. O estilista foi um grande aficcionado pelo boho multicultural.

boho loulou

LouLou de La Falaise – Musa de Saint Laurent e ícone de estilo

boho talitha getty

Talitha Getty é considerada até hoje um dos principais ícones do estilo Boho.

Peças amplas, leves e carregadas de simbolismo étnico são o desejo da vez. Atente-se para a volta dos caftans, das peças em palha propostas para a cidade e no hype crescente de destinos antes inusitados como a Índia, Gana e os vilarejos charmosos da América Central. Em comum, todos trazem uma forte tradição têxtil, com artesanato característico e feito à mão.

O novo luxo agora é handmade e o conceito de exclusividade se traduz em peças minuciosamente artesanais, dessas que jamais saem idênticas umas às outras. Deste modo, o revival boho traz um espírito aventureiro e inspira reflexões sobre o aspecto imediatista e frenético da moda. A noção de valor se amplia, abrangendo um capital muito mais humano do que estético. Assim, etiquetas de grandes grifes passam a dividir espaço nos closets da jet-set com peças genuínamente artesanais, feitas em povoados distantes por mãos que repetem técnicas preservadas através das gerações.

 

Muita gente tem nos perguntado se temos catálogo ou website. Ainda não. Nossa marca tem poucos meses de existência e trabalhamos dentro do espírito slowfashion. O que isso quer dizer? Bem, quer dizer que gostamos de fazer as coisas devagar, saboreando cada etapa do trabalho artesanal. Sim, nossas roupas, como o vestido ai do lado, são feitas com algodões orgânicos confeccionados em tear manual e nossas estampas são feitas com carimbos de madeira, chamados de block printing. Temos poucas peças de cada e muitas são únicas e exclusivas. Gostou de alguma? Enviamos para todo o Brasil e se você mora em Florianópolis, podemos levar até você para provar. Bom, é isso. Amamos o que fazemos e queremos fazer roupas lindas e com alma pra você se encantar ❤️New collection of dresses full of flowers in blockprinting ❤️ #blockprint #dress #vestido #flores #flowers #slowfashion #ethicalfashion #feitoamao #handmade #luxurycraft pic by @taibernard modelo: @ichvicc

 

Un post condiviso da ethne (@ethneconcept) in data:

 

Nas roupas, esse novo lifestyle irá se traduzir em um conforto charmoso, que prioriza materiais naturais, tingimentos e superfícies têxteis trabalhadas à mão. Bordados étnicos, block prints e tingimentos artesanais se destacam, trazendo o tie dye e o patchwork de volta aos holofotes.

Prepare-se para ver muitos vestidos volumosos, com mangas bufantes e exageradas, contrastando com camadas e mais camadas de tecidos fluídos como a seda e os chiffons de origem natural.  Batas e túnicas bordadas se revelam um item essencial tanto para a praia quanto para as cidades, combinadas com calças em seda ou com corte de alfaiataria, bem sequinho, para equilibrar os volumes.

boho_0004_2 imagens cópia 12

Leveza e têxteis artesanais – Imagens: @ethneconcept

 

boho_0005_rodhe   Imagens: @rhoderesort  

Engana-se quem pensa que essa leveza toda combina somente com os dias ensolarados e os passeios pela costa. Para o frio, vale combinar os longos esvoaçantes com botas de cano curto e pashminas feitas à mão. Os acessórios pesados trazem um balanço muito interessante para a fluidez das roupas, criando um balanço que é a verdadeira alma do boho. Afinal, é o mix de culturas, volumes e carimbos no passaporte que faz deste estilo algo tão único e especial.   boho_0003_inverno   Para os dias frios: botas, jeans, pashminas e peças de alfaiataria ajudam a balancear a leveza do look.  

Lindo editorial comandado por @carol.becolab e uma equipe de feras com nossos vestidos e caftans na @ellementsmagazine, revista que circula nas bancas de Nova York nesse mês de março ⭐️We are happy to be in the New York magazine @ellementsmagazine this month of march. Thanks for the top team that made it happen!! We just loved it ❤️ • Foto @carol.becolab • Beauty @gbrandaomakeup • Modelos @vitoriaffaustino @lariffagundes • Dress & acessórios @ethneconcept #dreamteam #livingthedream #photographer #fashionphotographer #fashionphotography #fashion #topmodel #brazilian #photoshoot #editorial #makeup #beauty #magazine #retouch #creativestudio #glamour #inspiration #instafashion #style #stylish #fashionista #ethnic #indie #moda #fotografiademoda #fotografa #red #dress #hat #artwork Un post condiviso da ethne (@ethneconcept) in data:

Escrito por

DEIXE UM COMENTÁRIO