O verão denso de Alexandre Herchcovitch

A

Tons invernais como marrom, marinho e preto, iluminados apenas por alguns looks vermelhos brancos e verdes aguados. A sensação, na sequência de paletós fechados até o pescoço e feitos em uma espécie de camurça do início do desfile, era de que a estação estava trocada. Alexandre aposta em muitos casacos acinturados e mangas ¾ para um verão de baixas temperaturas. A coleção bem estruturada vai ganhando leveza aos poucos com uma série de looks onde o efeito de relevos é feito com uma espécie de frufrus confeccionados em crepe de seda. O resultado é lindo e delicado. Com alguns vazados em transparências aqui e ali, o estilista valoriza esse trabalho artesanal que deve demandar muitas e muitas horas de execução. Chique e sofisticada, a mulher de Alexandre usa e abusa de hot pants fazendo contraponto com com jaquetas com zíper em algodão maquinetado e jacquards de textura floral. O sinal de que esta é uma coleção de verão chega apenas no final, com estampas de ondas gigantes e sereias, que lembram os desenhos japoneses.

Escrito por

Uma jornalista de moda que adora mergulhar na profundidade das coisas e que abomina superficialidades. Principalmente quando dizem que a moda é superficial! Ama um bom cashmere, um acessório marcante e um sapato confortável, sem nunca abrir mão da arte e do design.

DEIXE UM COMENTÁRIO