Pra lá de Marrakesh com a ELLUS

E

A passarela da ELLUS para o verão 2016 se transformou em um verdadeiro tapete marroquino feito de areia. A top Carol Trentini abre o desfile com saia de renda dourada e camiseta. O estilista Rodolfo Souza brinca com referências esportivas e sofisticadas e segue o caminho das formas, detalhes e texturas que remetem com sutileza ao universo dos Tuaregs, do norte da África. Tops e vestidos, a maioria metalizados ou com fios de lurex lembravam o brilho da vestimenta marroquina. Saias lápis e ponchos feitos  em tear manual , tem bordados com placas de metal e franjas de fio de algodão que lembram a tradicional tapeçaria local. O jeans skinny e de cintura alta tem uma lavagem “color dry dust” que da uma cara levemente envelhecida as peças. As bolsas e acessórios são originais do Marrocos. A cartela de cores tem os tons do deserto e passeia pelos marrons, ocres, bordos e beges. A ELLUS faz um contraponto sensual, com uma mistura bem dosada da tecnologia com os acabamentos manuais.

Escrito por

Uma jornalista de moda que adora mergulhar na profundidade das coisas e que abomina superficialidades. Principalmente quando dizem que a moda é superficial! Ama um bom cashmere, um acessório marcante e um sapato confortável, sem nunca abrir mão da arte e do design.

DEIXE UM COMENTÁRIO